EM CENA  2017

A TERCEIRA MISÉRIA

Hélia Correia

   Poesia I Música I Performance

‘’Mergulho num Egeu que parece todo calma. A Europa aparece, longe, resplandecente e lembrando o berço. Agora esquecido num qualquer canto da grande casa. Nossa? Os deuses desertaram, abandonando os sapatos, homens e mulheres, esqueceram-se. Esqueceram? (...)"

Rui Mário 

Ficha Técnica e Artística


Encenação I Rui Mário 
Com I Clara Marchana, Nuno Vicente

Música original I Orbes Ir Indo
Músicos I Pedro Hilário, Rui Zilhão
Dizedor I Rui Mário
Cenografia/Adereços I Júlio Almas 
Figurinos I Aida Afonso 
Grafismo I Adriano Lopes
Fotografia I Sérgio Santos
Som e Luz I Yanina Zanier I Irina Apolinário

Direcção de Produção I Andreia Lopes
Produção I Teatro TapaFuros 

Apoio I Câmara Municipal de Sintra

Local I Jardins da Biblioteca Municipal de Sintra - CASA MANTERO
Agradecimentos I Casa de Teatro de Sintra I CascaisNetRadio.com I Pescadores de Cascais I Luís Bellas I Rosário Pizarro I Jaime Rocha I António Manuel I Éter - Procução Cultural I Belmira Viana I Voz Online Rádio I Voz Online

 

Class/ M12
Duração 60 minutos
 

A PEREGRINAÇÃO

Fernão Mendes Pinto

Histórico

‘’(...) Aventuras cheirando a mar e incenso, em terras só d'imaginação fabricadas, e que Fernão Mendes Pinto e sua fiel trupe revelarão aos olhos de quem teve o dom de esperar. A recompensa? Ter o Mundo todo no olhar. E sonhar.


Rui Mário 

" (...) «Peregrinação» é um espectáculo que pretende que a experiência seja total, como o teatro. Durante o percurso nocturno, os espectadores serão convocados a integrar partes da peça e serão surpreendidos por vários acontecimentos."

in: travelandtaste.pt

Ficha Técnica

Encenação I Rui Mário 
Música original I Pedro Hilário 
Adap./Dramaturgia I Jorge Telles de Menezes 
Cenografia/Adereços I Júlio Almas 
Figurinos I Aida Afonso
Imagem I Pedro Marques 
Luz I Jorge Valente | Nuno Gomes 
Dir. de Produção I Sílvia Silva 
Assis. de Produção I Samuel Saraiva 
Produção I Teatro TapaFuros 
Fotografia I Sérgio Sant
os

 

Apoio I Cultursintra I Câmara Municipal de Sintra

Local I Quinta da Regraleira

A FADA ORIANA

Sophia de Mello Breyner Andresen

Infantil I Juvenil I Família

‘’(...) O mundo está desencantado. Quero ir para a cidade e quero tornar-me igual aos outros homens.(...) Assim diz o poeta e assim faz: No seu quarto nove malas já estão feitas, de formatos e cores diversas, com mundos lá fechados e a descobrir, é só abrir! Mas batem à porta, agora? Uma menina amiga, de há muito, imaginou-a sempre o Poeta com asas, vem despedir-se... é tempo de ir, tempo que sempre falta, cada vez mais! Mas a menina de olhos sonhadores mira e remira cada mala ou malinha. A curiosidade nunca matou o gato, ela sabe, e por isso já vai abrindo uma, tinha o poeta só virado costas para olhar paisagem. E tudo se transforma."

Rui Mário 

"O mundo das fadas nas palavras inigualáveis da poeta deslumbram e conduzem-nos numa viagem pela estória de Oriana. Partindo da própria dramaturgia apontada pelo conto, a peça dirigida ao público infanto-juvenil, oferece um universo de possibilidades aqui exploradas com mestria."

por: Joana Inglês

in: canelaehortela.com

Ficha Técnica


Encenação I Rui Mário

Música Original I Pedro Hilário
Direcção de Actores I Samuel Saraiva
Interpretação I Rui Mário, Susana João
Figurinista I Teatro TapaFuros

Designer I Sofia Saraiva
Fotografia I Sérgio Santos
Dir. de Produção I Teatro TapaFuros

 

r